A Cigarra e a Formiga no Teatro Bibi Ferreira

Patrícia de Sabrit em A Cigarra e as Formigas no Teatro Bibi Ferreira

Dia 29 de setembro acontece o espetáculo infantil “A cigarra e a Formiga” no Teatro Bibi Ferreira com a atriz Patrícia de Sabrit, André Grecco, Carla Martelli e Maju Martins.

A clássica fábula da literatura infantil ganhou livre adaptação e dramaturgia, feitas pelo diretor Alex Moreno em parceria com André Grecco (também ator e produtor da montagem). Estrelado por Patrícia de Sabrit, a Cigarra desta montagem sonha em ser estrela de musicais.

No enredo, as formigas Arlindo, o Formigão (vivido por André Grecco), e Lisbela (Maju Martins) estão preocupadas em trabalhar e armazenar alimentos para quando o inverno chegar. Já a Cigarra (Patrícia de Sabrit) está preocupada com os ensaios de seu novo espetáculo musical, assessorada pela talentosa Borboleta Dalva (Carla Martelli), que também quer ser artista. O inverno chega e a Cigarra procura desesperadamente ajuda, sendo rejeitada pelas formigas que não reconhecem o real valor de seu trabalho, artístico.

Tendo por base o conceito de fábula (narrativa simbólica centrada em animais que se comportam como seres humanos), a concepção de A Cigarra e as Formigas parte das diferenças ideológicas entre os insetos para criar um espetáculo que brinca com a linguagem do teatro e do cinema musical. No olhar de Grecco e Moreno, a história coloca a Cigarra como um artista aspirante que vê a vida com toda a sua poesia. E as Formigas mantêm a eterna preocupação com a sobrevivência, da história original, fazendo do trabalho apenas uma forma de obter o sustento.

As diferenças entre as duas maneiras de ver o mundo colocam em foco as reais necessidades de cada ser e suas respectivas visões de trabalho. No desenrolar da trama, os personagens passam a buscar harmonia e respeito na vida em sociedade, sem desrespeitar as diferenças.

Com Patrícia de Sabrit, André Grecco, Carla Martelli e Maju Martins
Dramaturgia e concepção: Alex Moreno e André Grecco
Direção: Alex Moreno
Elenco stand by: Henrique Rizzo e Tatiana Toyota
Sonoplastia, figurinos e maquiagens: Alex Moreno
Adereços: Márcio Merigui
Iluminação e cenografia: André Grecco e Sílvia Andrade
Responsável técnico: Fábio Galvão
Direção de produção: André Grecco
Produção executiva: Sílvia Andrade
Realização: Cão Bravo Produções Artísticas

De Dia 3 de agosto à 29 de setembro
Temporada: sábados e domingos às 11 horas
Duração 60 min. Indicação de idade: 3 anos.
Bilheteria:
3ª a 5ª (15h-21h)
6ª (16h-0h)
Sáb. (14h-0h)
Dom. (14h-21h).
Aceitar cartões de crédito (American Express, Master Card, Visa) e débito.
Acesso para deficientes. Ar condicionado.

Ingressos: R$ 40,00 (meia: R$ 20,00).
Estacionamento (Av. Brigadeiro Luis Antônio, 759): R$ 15,00
Teatro Bibi Ferreira – Av. Brigadeiro. Luís Antônio, 931 – Bela Vista/SP – (11) 3105-3129

Nayra Simões é estudante de Letras na Universidade de São Paulo, faz russo como segunda língua e é inicianda da Prof.ª Dr.ª. Verena Kewitz, estudando os Marcadores Discursivos sob o olhar da teoria Multissistêmica e quando sobra tempo pra respirar, estuda francês, espanhol, chinês e tcheco. É formada em violão popular e teoria musical, e se arrisca um pouco no teclado e ainda não conseguiu parar de rascunhar frases por aí. Não tem vergonha de tocar em público, mas morre se tiver que tocar pra uma só pessoa. Atualmente, é professora particular de inglês.

Leave a Reply